Se não fosse a música Negra, preferia ter nascido surdo…(by Eddy Teddy)

Blues

Não tem como falar sobre Rock & Roll e Rockabilly, sem falar um pouco da origem de tudo, O Blues.

Uma das frases do meu pai que talvez tenha mais marcado para mim, foi em relação a este estilo, “Se não fosse a música Negra, preferia ter nascido surdo“.

Meu pai dava era um tremendo pesquisador sobre o assunto e inclusive chegou a tocar e gravar blues nas inúmeras bandas que tenha passado.

Sem contar alguns bluseiros conhecidos que passaram pela sua vida/banda/amigos como o Ismael, o Nuno Mindelis, o André Christovão, etc.

Sempre comentava e dava os devidos créditos aos verdadeiros autores das músicas que muitas vezes são atropelados pelos interpretes.

Por isso muitas vezes fico puto quando escuto uma banda cantar um cover e mencionar que a música é de um interprete e desconhece o autor.

Então aqui vai um pouquinho da História do Blues, bem resumida…

 Blues é a essência da música negra, levada da África para os Estados Unidos pelos escravos, que foram trabalhar nos campos de algodão no sul do país.

Essa manifestação objetivava amenizar o sofrimento destes trabalhadores e também lembrá-los da sua origem. No seu desenvolvimento, porém, o Blues sofreu influencias não só africanas, mas também das mais tradicionais baladas européias.

Como estilo musical, o blues evoluiu à partir do final do século passado, quando surgiram pequenas variações estatísticas, algumas determinadas apenas por diferenças geográficas.

Cada região tinha seu expoente do blues: Chaley Patton no Delta do Mississippi

Outro expoente, Huddie Leadbetter ou LEADBELLY, como ficou conhecido.

Nasceu em Mooringsport, Louisiana e era descendente de negros e indios Cherokee. Leadbelly desenvolveu um tipo de Blues tirado das canções entoadas por aqueles que, com ele, executavam trabalhos pesados nas penitenciarias estaduais. Sua mais famosa composição foi GOODNIGHT IRENE, que vendeu 2 milhões de cópias no ano seguinte de sua morte em 1950.

A Repressão de 1929 ocasionou nova diversificação estatística no Blues. Milhares de negros desempregados foram para o norte, em busca de trabalho, principalmente nos grandes centros industriais como Chicago e Detroit.

Desenvolveu-se assim, uma diversificação entre o Blues do Delta do Mississippi (Sul) e o Blues Urbano (Norte).

Este último, centrado em Chicago, veio a crescer em Clubes fechados e bares, tornando-se mais estridente e dissonante que o tradicional blues acústico do Sul.

Nascia assim o Rhythm and Blues que teve início com a utilização de teclados, percussão e baixo, para acompanhar os cantores.

O estilo próprio de Chicago evoluiu ainda mais com a chegada, no período do pós guerra, de vários cantores. A isto se deve o surgimento em Chicago da Chess Records, que pertencia a dois imigrantes poloneses, donos de uma rede de night clubs e bares situados nos bairros de Chicago habitados pela população negra. Com a Chess surgiram nomes como o de MUDDY WATERS.

Muddy, cujo nome era Mckinley Morganfield, nasceu no Mississippi em 1915 e foi influenciado por ROBERT JOHNSON. Johnson foi um dos mais inventivos cantores de blues de Chicago mas foi tragicamente assassinado aos 24 anos, em 1938.

Muddy Waters gravou vários Lps nos anos 50 e sua influencia sobre os grupos ingleses, principalmente, foi decisiva.

A influencia de Muddy foi tão grande que, os Rolling Stones por exemplo, escolheram esse nome, tirando-o do titulo de uma das músicas de Muddy Waters, falecido em 30 de abril de 83.

Outro grande músico e compositor de Chicago é WILLIE DIXON, contrabaixista da banda de Muddy Waters e autor de grandes clássicos do Blues como THE SEVENTH SON E HOOTCHIE COOTCHIE MAN.

Willie foi um dos mais importantes elo de ligação entre o Blues e o Rock and Roll, chegando a tocar com Chuck Berry e Bo Didley.

Mais um exemplo: o guitarrista JOHN LEE HOOKER, de Clarksdale, Mississippi. Nasceu em 1917e foi para Detroit depois da guerra. Seu estilo caracteriza-se pela constante alteração de ritmos e influenciou decisivamente o BOOM do rhythm & blues dos anos 60.

Também em Chicago, ficou famoso HOWLING WOLF, vindo da Sun Records de Memphis (n que havia lançado Elvis Presley). Wolf, cujo nome verdadeiro era Chester Burnett, nasceu em 1910 no Delta do Mississippi e sofreu forte influencia de Charley Patton.

Fez varias viagens à Inglaterra e gravou para o selo Rollling Stones com medalhões inleses. Quando Morreu em 1976, já tinha visto muitas bandas famosas reciclarem seu trabalho.
Em Kansas City, surgiu um estilo de Blues mais extrovertido, cujo cantores eram conhecidos como Blues Shouters (gritadores).

JOE TURNER (Lou Willie Turner), foi o mais conhecido deles. Turner foi um dos que influenciou na formação do Rock & Roll.

Outro, que influenciou o Rock & Roll foi Fats Domino, nascido Antoine Domino, em 1928, em New Orleans. Domino cresceu no mesmo ambiente que produziu Little Richard e em 1949, começou a trabalhar com o Trumpetista Dave Bartholomew, com que formaria uma duradoura parceria

Autor de sucessos com I´m Wakin ( The Walk, onde os Beatles se inspiraram para produzir o seu Lady Madona), Blueberry Hill, I´m in love Again, etc…..Em 1967, Brian Epstein o convenceu a fazer uma turne na Inglaterra onde foi muito bem recebido……

Anúncios

Uma resposta to “Se não fosse a música Negra, preferia ter nascido surdo…(by Eddy Teddy)”

  1. Herculano Demezio Says:

    Ainda hoje o Blues é um estilo de música muito contagiante,mais é pouco tocado,nõao é feito uma divulgação merecida. Tenho a certeza que para os novatos,os que não conhecem perguntam que tipo de música e este, que escalas estamos usando,pedem nome de musicas etc… Nós que gostamos de Blues podem observar somos diferentes eu não sei porque.
    Abraços pra todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: