Os primórdios do Eddy Teddy (4ª parte)

Satisfaction ( Ló, Eddy e Reinaldo)

Satisfaction ( Ló, Eddy e Reinaldo)

Em 1983 o Satisfaction havia parado e o Eddy já estava maluco pelo rockabilly.

Tinha ouvido os legendários (Johnny Burnette, Buddy Holly, Carl Perkins, Gene Vincent, Eddie Cochran) e estava sabendo de grupos atuais (ingleses e americanos) que tinham mergulhado de cabeça no rockabilly.

Andava ouvindo direto Stray Cats, Robert Gordon, Matchbox, Polecats, Buzz and Flyers e ficava louco com este revival que acontecia.

Feira de disco

Feira de disco

Essa época o Eddy organizava uma reunião mensal em nossa casa na Av. Mandaqui entre colecionadores de discos e curtidores de rock & roll chamada feirinha de disco, posteriormente veio a se chamar “ Collection Rock Fair” e o curioso é que a Ferinha de Discos acontece até os dias de hoje organizadas pelo Tangerino.

Numa destas feiras apareceu o Vitor que tinha sido baterista do Revolution, grupo de Marco Antonio Malagoli (que é a maior autoridade de Beatles no Brasil). O Revolution ia tocar nesta feira e o Vitor tinha vindo conhecer o novo baterista.

Num papo o Eddy comentou com ele que estava que estava querendo montar uma banda de rockabilly e ele além de ficar afim, disse que tinha um baixo acústico. Nessa o Eddy pirou, mostrou pra ele um disco do Buzz and the Flyer´s e o cara ficou maluco também.

Resolveram achar um baixista e um guitarrista e decidiram que a banda teria um repertório com letras em português. O Eddy só conhecia um cara capaz de tocar um baixo de pau. Era o Pigmeu que estava tocando Jazz, MPB e fazendo gravações de estúdio. Fez o convite e o Pigmeu resolveu arriscar.

O Vitor tinha um amigo de adolescência (LELO) que tocava guitarra e tinha tocado com ele. O cara sabia tudo sobre rock instrumental, rock and roll ( principalmente Elvis e Beatles). Tava armado.

Na época estavam pintando bandas como Blitz e o Magazine e eles decidiram ficar no meio disso. O nome COKE LUXE surgiu da contade em confundir a palavra coqueluche, que além de significar uma doença, serviu de gíria para especificar o que esta na moda.

Coke Luxe no Napalm

Coke Luxe no Napalm

Decidiram também arrumar nomes artísticos para cada integrante. O Eduardo passou a ser o Eddy Teddy (por causa da música Ready Teddy), o Vitor virou o Jipp Willis, o Pigmeu, Little Piga (por causa da música Little Pig do Buzz & the Flyers e porque se aproximava do seu apelido) e o Lelo (que já era apelido de Marco Aurélio) ficou Lelo Cadillac (também por causa do Jipp Willis). Começaram a ensaiar entre maio e junho de 83 e o repertório era formado por clássicos do rock & roll e por rockabillies.

 Uma das primeiras musicas que rolaram foi “Roque, o Azarado” e que junto com “Não beba papai” formou o 1º disco.

1º compacto do Coke Luxe

1º compacto do Coke Luxe

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: