Os primórdios do Eddy Teddy (1ª parte)

Eduardo Moreira

Eduardo Moreira

Ontem estava voltando de Joinville / SC e pensando em escrever um texto sobre os primórdios do Eduardo / Eddy até que lembrei da entrevista que saiu na primeira edição do zine “Rabo de Peixe” lançada em jan/87 num show do Rockterapia no Ácido Plástico onde já o mencionava o Eddy como um persistente e apaixonado pelo Rock & Roll.  Sua trajetória começou quando tinha por volta dos 9 ou 10 anos de idade, onde escutou pela primeira vez Little Richard (Tutti Frutti), Bill Halley (Rock Around The clock) e Elvis Presley.

Naquele tempo, meu pai e o Toninho (que era o seu visinho) ficavam no corredor do quintal da casa da minha avó diariamente ouvindo o rádio de um visinho que era mais velhos que eles acompanhando e escutando rock & roll que naquele tempo, só tocava em programas de rock (Só Brotos, Ritmos da Juventude, Studio V e o Disco Disco, entre outros).

Era muito complicado ouvir na casa em que morava, porque minha avó escutava as novelas na rádio São Paulo, a maioria das músicas que rolavam eram rock instrumental como  os Ventures, Shadows, String-a-long´s e os nacionais Jet Black´s, Bell´s e os Jordans.

O primeiro disco que de rock que meu pai comprou foi um 78rpm com os Clevers e a música “El Relicário”, já no início dos anos 60.

Quando tinha uns 15 anos, já era um alucinado por rock, ouvia todos os programas da época (todo mundo tinha radinho de pilha) e ficou maluco a partir dos programas do Carlos Alberto Lopes ( o Sossego, que veio a conhecer depois) e foi no Clube da Juventude que descobriu os grupos ingleses do início dos anos 60 e de onde tirou toda a sua primeira formação musical.

 Conheceu os Beatles, Stones, Manfred Mann, Swinging Blue Jeans, Hollies, Gerry and Pacemakers, Animal´s.

A partir daí, pintou aquela vontade em fazer alguma coisa igual, primeiro começou cantando a noite na esquina de onde moravam, eram os Five Boy´s (Eddy, Toninho, Ló, Dinão e o Carioca).

Four Boy´s

Four Boy´s

Posteriormente o Toninho montou junto com o Manoel Bolonha o primeiro Fã Clube dos Ventures no Brasil, um clube voltado para o rock instrumental.

 Cantavam rock´s internacionais e coisas nacionais, pois a Jovem Guarda já estava pintando com tudo.

Na sequencia, o Eddy, Ló e Toninho continuaram com a cantoria e se juntaram ao Wagner (Torero) e formaram os Four Boy´s, se apresentaram no colégio dublando os Beatles e acabaram indo parar no programa Silvio Santos, fazer o mesmo.

A curiosidade foi que o Wagner não pode ir e levaram a irmã do Ló (Sandra) que devia ter uns 10 anos, um outro lance curioso é que na dublagem o Eddy era o Paul, o Ló era o George, o Toninho o John e a Sandra o Ringo.

Programa Silvio Santos ( o Eddy é o 3

Programa Silvio Santos

Além de cantar a vontade de aprender a tocar era maior, então o Eddy e o Ló começaram a fazer aulas de um cara que ensinava violão, Eddy aprendeu a base e o Ló o baixo e a primeira música que tocaram foi “Esqueça” versão de “For Get Her”, cantada pelo Roberto Carlos.

Bom, o restante da história continua amanhã…

Anúncios

3 Respostas to “Os primórdios do Eddy Teddy (1ª parte)”

  1. Viviane ( Grega) Says:

    Luiz e galera,

    Sensacional! só o que tenho a dizer:) é impressionante como vc se parece não só fisicamente mas nos valores com o EDDY:) a primeira vez que te vi, Luiz, foi numa matiné no ROSE BOM BOM e o EDDY te levou, vc estava incrível, com um terninho vermelho e todo rockabilly de topete e sapatos pretos, lembra dessa roupa? foi a grande atração, e dançava que era uma graça, todos adoravam e seu pai super orgulhoso:) e quando vc aparecia de jaqueta de couro e calça jeans, devia ter uns 9 anos, né? show ! nunca me esqueço … apartir daí vc foi crescendo e criando sua identidade musical e tb estilo, claro que teve grande influência, mas ambos tem estilos próprios…
    Agora na maturidade vejo fotos suas e parece que estou olhando para o seu pai, uma mistura, um pouco do EDDY E UM POUCO DA MAMA, rsrs.
    bjão querido

  2. Pattyboop Says:

    Nossa Luiz esta muito legal, sempre dou uma passadinha pra ver tudo. bjs

  3. alexandre rito Says:

    nossa esse cara foi massa , e eu tive a oportunidade de tocar com ele . o ED TEDDY, muitas saudades de ensaios regados a bourboun e risadas , com a banda kriptonitas. muito legal, obrigado pela oportunidade ED.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: